FANDOM


Eye-of-elena-white Este artigo ainda está em processo de composição.

Devido ao processo de criação, as informações contidas neste artigo podem estar incompletas, desordenadas, sem fontes ou simplesmente inexatas.


A Assassino e o Lorde Pirata é uma das cinco histórias que ocorrem antes de Trono de Vidro. Ela foi lançada primeiramente como e-book em 13 de janeiro de 2012. É a primeira história na coletânea A Lâmina da Assassina.

Sinopse

Em uma ilha remota no mar tropical, Celaena Sardothien, assassina temida, veio em busca de retribuição. Ela foi enviada pela Guilda dos Assassinos para cobrar uma dívida do Lorde dos Piratas. Mas quando Celaena descobre que o pagamento não é em dinheiro, mas em escravos, sua missão muda de repente e ela arriscará tudo para corrigir o erro que ela foi enviada para causar.

Enredo

O conto se inicia na sala do conselho do Forte dos Assassinos com a notícia que a missão de Gregori — um dos sete membros do círculo íntimo de Arobynn Hamel — foi uma armadilha e que ele se encontra preso no calabouço real. Celaena Sardothien declara que eles devem seguir o protocolo e enviar um aprendiz até o castelo para envenená-lo antes que Gregori revele a localização do Forte dos Assassinos, o qual é situado numa rua muito respeitável de Forte da Fenda. Porém, Arobynn acrescenta que o corpo de Ben — segundo no comando da Guilda dos Assassinos — foi avistado por Sam Cortland perto dos portões do castelo de vidro. Celaena, que era muito próxima de Ben, fica devastada com a notícia e deixa a reunião com a intenção de recuperar o corpo do assassino.

Dois meses após a morte de Ben, Celaena e Sam viajam até o coração do território pirata, localizado na baía da Caveira, com a missão de encontrar o capitão Rolfe — conhecido como o lorde dos Piratas — e exigir uma compensação em ouro pelas mortes de três assassinos da Guilda pelas mãos de piratas em Enseada do Sino. No entanto, após confrontar o capitão, Celaena e Sam logo descobrem que Arobynn possuía motivos ocultos para enviá-los até baía da Caveira: ele deseja firmar um acordo comercial com Rolfe e investir no mercado de escravos, um negócio muito lucrativo em Adarlan. Ao final da reunião, o lorde dos Piratas convida Celaena e Sam para um jantar com os capitães de sua frota.

Durante o jantar, Rolfe demonstra forte interesse em ver a fisionomia da assassina — que protege sua identidade com uma máscara e uma capa preta volumosa. Celaena precisa utilizar um disfarce dado que a única informação que o mundo possui sobre a Assassina de Adarlan é que ela pertence ao sexo feminino; todos os assassinos da Guilda juraram manter sua identidade em segredo sob a ameaça de morte. Celaena redireciona a conversa e menciona a tatuagem que cobre uma das mãos de Rolfe: um mapa mítico pelo qual ele vendeu a alma e que se movimenta para indicar tempestades, inimigos e tesouros. O capitão revela que seu mapa não se move há oito anos, o mesmo intervalo de tempo do desaparecimento da magia em Erilea e da execução de feéricos pelas forças do rei de Adarlan.

[...]

Personagens

  • Celaena Sardothien: Protegida e herdeira de Arobynn Hamel, ela é conhecida como a Assassina de Adarlan e braço direito do Rei dos Assassinos.
  • Sam Cortland:
  • Capitão Rolfe:
  • Arobynn Hamel: Ele é o mestre da Guilda dos Assassinos e é conhecido em Erilea como o Rei dos Assassinos.
  • Ben: Segundo assassino no comando depois de Arobynn Hamel. Seu corpo foi encontrado perto dos portões do castelo no início do conto.
  • Gregori: Um dos sete membros do círculo íntimo de Arobynn Hamel. No início do conto, Arobynn informa aos integrantes da Guilda que a missão de Gregori fora uma armadilha e que ele se encontra aprisionado no calabouço do castelo de vidro.

Galeria

Capas